• Tarsiane Santos

A influência da memética no espaço eleitoral

Uma análise da campanha de Guilherme Boulos nas redes sociais para as eleições de 2020 à prefeitura de São Paulo


Reprodução/Guilherme Boulos


O estudo dos memes surgiu em 1976 com Richard Dawkins, fazendo analogia ao darwinismo, onde o gene faz cópias de si mesmo, dizendo que a memética é o algoritmo da evolução por seleção natural da cultura.


Podemos classificar um meme como uma reprodução de comportamento ou ideia que passa de pessoa para pessoa, como alimentação, vestuário, costumes, linguagem, slogans e símbolos, por exemplo. Os memes estão fortemente ligados à vida na cidade, transcendendo a internet. E nesse ano de eleições municipais, é possível encontrar a presença de memes no espaço eleitoral virtual, por exemplo, o candidato à prefeitura da cidade de São Paulo Guilherme Boulos, que tem brincado bastante com essa ciência e divulgado diversos memes que fazem trocadilhos com seu sobrenome nas redes sociais, como o que será analisado neste trabalho.


No meme escolhido para a análise, podemos identificar o emissor como o próprio Guilherme Boulos e o receptor como seus seguidores. A mensagem passada é uma imagem que tem como códigos a escrita, símbolos, cores e elementos, transmitida via canal de comunicação internet, na rede social Instagram. Seu contexto se dá em uma situação onde possíveis adversários/opositores ao candidato espalham notícias falsas a seu respeito e ele busca lidar com isso de forma positiva, então o texto ‘’massa de Boulos: quanto mais bate, mais cresce’’ faz alusão à figura de uma massa de bolo, que se encaixa nas duas situações.


O fenômeno tem como função de comunicação a informativa, apesar de ser um meme, algo descontraído e com um ar humorístico. Pode-se entender que o emissor busca transmitir uma convicção ao receptor, buscando reafirmar o apoio em sua campanha eleitoral.

Seu critério quantitativo é a comunicação massiva, visto que é transmitido a um grande público no Instagram (1,2 milhões) e pode chegar a atingir mais pessoas, através de compartilhamentos e menções.


Essa categoria de comunicação que sai da internet e ocupa o espaço eleitoral afeta diretamente a vida na cidade principalmente quando se trata de memes, porque o público mais jovem costuma fazer essa transição de memes para expressões verbais ditas em seus grupos de amigos, na escola e demais ambientes, então, é uma boa estratégia usada que atrai esse tipo de eleitor a pesquisar sobre o candidato e até passar isso ao público mais velho, que está a cada dia mais buscando espaço das redes.

Um meme não é apenas uma piada ou entretenimento, ele pode passar mensagens sérias e persuadir o público, mesmo sem que ele se dê conta. E, além disso, as redes sociais possuem algoritmos, que fecham o usuário em uma bolha de comportamentos e opiniões de acordo com suas interações diárias.


Sendo assim, um ‘’simples’’ meme na internet pode ter poder decisório em uma eleição municipal, pois quando mais visibilidade e carisma o candidato consegue, maiores são as intenções de voto que ele pode adquirir.


___________________________

Por Tarsiane Santos

Projeto acadêmico